Livros curtos ou longos?

Qual você prefere?

Outro dia, fizemos essa pergunta em nossa página do Instagram e as respostas foram bem variadas.  

O fato é que tanto os livros curtos quanto os longos possuem seus próprios encantos. Tentar escolher o melhor é perder a oportunidade de ter novas experiências de leitura. 

Quem discorda de que é maravilhoso sentar-se em um lugar confortável durante o tempo livre e devorar um livro curtinho em algumas horas? Ficamos tão felizes com o término da leitura que logo nos animamos para começar a próxima.  

Além disso, com algumas exceções, eles costumam ser pequenos e leves. E só o leitor sabe o quanto pode ser difícil achar uma posição confortável para ler uma edição pesada.  

Já os livros longos, conhecidos por serem desafiadores, estão entre aqueles que mais nos marcam ou acabam marcados na lombada quando chegamos na metade da leitura.  

Os calhamaços, como alguns leitores carinhosamente os chamam, podem nos proporcionar uma grande bagagem de conhecimento e sabedoria, além de fazer com que fiquemos um pouquinho satisfeitos com a nossa perseverança de insistir até o fim. 

Dito isso, nós compreendemos que vocês tenham ficado divididos. Nós também ficamos. O jeito é alternar entre livros curtos e longos e desfrutar do que cada um deles tem a oferecer. 

Mas, conte para a gente: qual é a sua opinião sobre esse assunto?

Related Posts

Deixe um comentário