Não há vitória sem sacrifício

Alguma vez, você já parou e refletiu a respeito de onde estaria se, há pouco mais de dois mil anos, o Senhor Jesus não houvesse caminhado até o Calvário a fim de sacrificar a si mesmo em favor da humanidade? Já se perguntou onde estaria se Ele houvesse se recusado a cumprir a vontade de Deus? A dura resposta é que não haveria chance de Salvação para nenhum de nós.

Todavia, mesmo em sofrimento e agonia, o Filho de Deus fez a vontade de Seu Pai, executando o plano de salvação que, em sua onisciência, Deus havia traçado. Quando o Senhor Jesus foi ferido na cruz e pregos atravessaram os Seus pés, a promessa feita em Gênesis se cumpriu: a cabeça da serpente, Satanás, foi esmagada. Deus fez por cada ser humano o que jamais poderíamos fazer por nós mesmos.

Porém, apesar de Jesus ter vencido Satanás na cruz e de seu destino já estar selado, ele continuará lutando para levar consigo o maior número de pessoas para o inferno. Para isso, como já vimos em outros posts, ele não economiza mentiras e toda sorte de estratégias e planos malignos.

Diante disso, ainda nos deparamos com inúmeras batalhas diárias a serem vencidas. E só há um meio de vencê-las: sacrificando como o nosso Salvador sacrificou.

Se você ficou curioso a respeito de como seguir o exemplo do Senhor Jesus e vencer as guerras que tem enfrentado, leia conosco o capítulo 13 da nossa indicação de leitura do bimestre, o livro “Como vencer suas guerras pela fé”.

Aproveite e deixe aqui nos comentários as suas impressões de leitura.

Related Posts

Deixe um comentário