Pela fé ou pelo que sinto?

shutterstock

Você já teve a experiência de orar e não sentir a presença de Deus ou de ler a Bíblia contra a sua própria vontade? Se a sua resposta for “sim”, saiba que não é o único.

Como já mencionamos aqui no Clube Unilivros, desde a queda de Satanás, uma guerra é travada no interior de cada ser humano. De um lado, existem as nossas vontade e afetos; do outro, existe a vontade de Deus e o dom da fé. E entre esses dois lados, há uma escolha a ser feita: viver pela fé ou pelo que sentimos?

Atualmente, existe uma geração de cristãos que, contraditoriamente, não creem. Ela é composta por pessoas cuja fé em Deus está alicerçada nas próprias emoções e sentimentos, cujo caminho é guiado não pela Palavra, mas pelo próprio coração.

Com isso, ao invés de encontrar pessoas vigilantes e munidas para a guerra a ser travada diariamente, Satanás tem encontrado crentes inconstantes e espiritualmente cansados, além de tomados pelas dúvidas e o medo.

Percebendo que tantas pessoas tem confiado mais em seus próprios corações do que naquilo que o Senhor revelou em Sua Palavra, Satanás tem utilizado todas as estratégias que pode para enganar o maior número de pessoas que conseguir, a fim de desviá-las do caminho que conduz a salvação e atraí-las para àquele que leva à condenação.

Se você deseja desenvolver uma fé genuína, baseada na Palavra de Deus, leia conosco os capítulos 7 e 8 do livro “Como vencer suas guerras pela fé”, a nossa leitura do bimestre.

E não deixe de compartilhar aqui nos comentários o que você tem aprendido através da leitura do bimestre.

Related Posts

Deixe um comentário